Como marcar o côncavo

Passos simples para aprender a marcar o côncavo
 e deixar a maquiagem nos olhos mais luxuosa


 



Os looks mais luxuosos de maquiagem trazem na maquiagem nos olhos marcando o côncavo. Mas, antes de tudo, você sabe o que é o côncavo? Côncavo é a linha de transferência que dobra a pálpebra. É o contorno do globo ocular na região dos olhos.


Qualquer maquiagem fica instantaneamente mais glamourosa se marcarmos o côncavo. Por isso, não invente muito: faça um look monocolor (de apenas uma cor) ou até mesmo, aplique uma sombra em creme em toda área dos olhos, inclusive abaixo das sobrancelhas. Apenas cuide para não deixar manchas ou excessos. Para marcar o côncavo é fundamental que você tenha um pincel específico para essa finalidade: ele se parece com o tradicional pincel de esfumar, só que arredondo.

Após a aplicação das sombras nos olhos (você pode ter feito qualquer look), suje o pincel de marcar o côncavo na sombra preta e comece a aplicar o produto junto da raiz dos cílios na parte externa, ou seja, onde termina os olhos. O formato deve ser arredondado, e a medida que a sombra avança para o canto interno, o traço deverá vir afinando. Nunca deixe o look marcado! Esfume bem.


O pincel para marcar o côncavo é ideal para essa finalidade porque seu formato arredondado “encaixa” nesta região dos olhos, o que facilita muito o esfumar. Quem tem olhos rasos como as orientais, deve abusar da marcação do côncavo para dar uma falsa pálpebra àquela embutida. Note que as apresentadoras de telejornais também adotam o look do côncavo marcado para evidenciar ainda mais a expressão nos olhos.


O mesmo efeito poderá ser feito com o tradicional pincel de esfumar, que é reto. Comece a aplicação da sombra mais escura na parte externa dos olhos e suba um arco contornando a linha de transferência. Deixe o traço mais largo na parte de fora. Esfume bem. Esse look é uma ótima saída para quem não tem muito tempo em fazer degradês ou até mesmo efetuar looks mais elaborados nos olhos, porque além de simples, é luxuoso.


Boa sorte!





Fonte:







12 erros que podem detonar seu cabelo



Conheça os deslizes mais comuns que acabam com o cabelo de qualquer mulher
e saiba como evitá-los !!




Toda mulher sabe que é muito importante cuidar dos cabelos. Porém, muitas vezes achamos que estamos cuidando, mas acabamos cometendo alguns deslizes que podem ser extremamente prejudiciais às madeixas. Para evitar esses erros que podem detonar seu cabelo, fique atenta quanto ao seguinte:

1. Água quente

A água quente deve ser evitada porque pode provocar irritações no couro cabeludo, que desencadeiam maior produção de sebo e consequentemente aumentam a oleosidade na raiz. Além disso, esse excesso de oleosidade na raiz pode inibir o crescimento do cabelo. O couro cabeludo precisa respirar, por isso evite a água quente, troque de xampu e condicionador ao menos uma vez por mês e use xampu de limpeza profunda a cada 15 dias.

2. Condicionador na raiz

O condicionador nunca deve ser passado na raiz do cabelo, pois isso aumenta a oleosidade e a umidade no couro cabeludo, facilitando a caspa, já que os poros capilares ficam mais fechados. Esse erro tem consequências ainda mais aparentes quando o cabelo já é naturalmente mais oleoso.

3. Condicionador por muito tempo no cabelo

Os condicionadores são, em geral, aliados dos cabelos. Porém, não devem ser deixados no cabelo após o banho, justamente pelo fato de que as escamas ficam abertas e o cabelo fica mais elástico, o que pode aumentar a chance de quebra dos fios.

4. Esquecer a hidratação

A hidratação é essencial para os cabelos e é importante não se esquecer de fazê-la de tempos em tempos. Mesmo quem tem o cabelo oleoso não deve deixar de hidratar o cabelo, mas sim, fazê-lo com produtos específicos para este tipo de cabelo. Se você já pintou, alisou ou usou outro tipo de química nos seus cabelos, é um erro não hidratá-los. Com a hidratação o cabelo recupera aos poucos o brilho e o aspecto saudável, além de ficar mais macio e nutrido.

5. Química demais

Quando resolver fazer alguma mudança no seu cabelo que precise de química, escolha bem qual tratamento quer fazer. Se for fazer relaxamento e coloração, prefira uma tinta que agrida menos o cabelo, como aquelas sem amônia. Fazer mais que duas químicas pode ser fatal para o cabelo, pois as pontas podem ficar completamente danificadas, podendo ser reparadas apenas com corte.

6. Prender o cabelo ainda molhado

Se os seus cabelos ficarem molhados por muito tempo, isso pode fazer com que ele junte fungos e a caspa apareça. Além disso, prender o cabelo ainda molhado enfraquece a raiz e facilita a queda dos fios. Se o problema é volume, aposte em um leave-in adequado para o seu cabelo e fuja do vento enquanto ainda não estiver seco.

7. Usar o secador da maneira errada

O secador de cabelo deve ser posicionado a pelos menos 30 cm de distância do cabelo na hora da secagem e a temperatura deve ser a média ou fria para não danificar os fios. Procure evitar direcionar o calor para a cabeça pois isso aumenta a oleosidade na raiz e diminui a duração da escova.

8. Chapinha x Cabelo molhado

Passar a chapinha no cabelo ainda molhado chega a ser cruel com os seus fios, você pode ver e sentir o cheiro do dano que está causando ao seu cabelo no mesmo momento. Cabelos molhados ou úmidos ficam elásticos e se quebram facilmente ao passar a chapinha, sem contar com o fato de que a chapinha queima os fios molhados.

9. Máscara para hidratação x Praia

A máscara para hidratação não protege o cabelo dos efeitos do sol, mas sim, danifica ainda mais os cabelos. Esses produtos não devem ser usados por muito tempo, pois exceder os minutos da hidratação faz com que os fios fiquem mais fracos e sejam queimados pelos raios ultravioletas. Se for tomar sol, o ideal é usar um creme sem enxágue com protetor solar.

10. Não cortar a cada três meses

Por mais que pareça uma lenda ter que cortar o cabelo a cada três meses, ou ainda que seja um truque para os cabeleireiros ganharem mais, não é exatamente isso. Se você esperar mais que três meses, as pontas do cabelo começam a abrir e os fios ficam mais quebradiços, os cabelos arrepiados ficam ainda mais volumosos e os fios fracos caem. Por isso, corte sempre seu cabelo a cada três meses, pois este é o tempo ideal de espera.

11. Desembaraçar os fios com a escova errada

As escovas com cerdas muito maleáveis são mais difíceis de usar na hora de desembaraçar o cabelo e ainda podem quebrar os fios. O ideal é usar um pente com dentes bem largos e que seja bem firme. Se preferir usar uma escova, escolha uma do tipo raquete e bem resistente.

12. Leave-in

Um dos erros mais comuns é esquecer de passar o leave-in. Muitas mulheres acreditam que o leave-in vai deixar o cabelo oleoso, mas isso não acontece se você usar o produto apropriado. Outro erro é trocar o leave-in por condicionador. Nesse caso o efeito é prejudicial, pois em vez de fechar as escamas, elas ficam abertas e o cabelo fica mais arrepiado. O leave-in é importante para fechar as cutículas e deixar as pontas hidratadas. Cuide bem dos seus cabelos para não precisar recorrer à medidas drásticas como o corte. Se você ficar atenta a estes erros mais comuns já estará colaborando com a saúde e a beleza das suas madeixas.





Fonte:








Calça de seda com cara de pijama pode chegar às ruas como item de moda; mas saiba antes com o que combina!




O que um dia foi traje para ficar em casa, hoje é peça para circular pelas ruas com muito estilo. Pensou em lingerie? Sim, elas fazem parte da mesma leva, mas a protagonista da vez é a calça de seda, com jeitão de pijama masculino.


A francesa Céline é uma das responsáveis pela moda. Em outubro de 2010, a marca mostrou o look todo de seda estampada e com cara de pijama na passarela. No desfile de verão 2012, Michael Kors apresentou uma calça perolada de seda + t-shirt branca básica + sobretudo. E, para confirmar, na temporada de inverno 2012, Tommy Hilfiger e Chloé também apostaram na calça reta, de tecido mole e desestruturado. Aqui no Brasil, a Maria Garcia também fez uma versão do modelo para a próxima estação.


Sair da sala de desfiles foi só questão de tempo. No último inverno, e agora no verão internacional, editoras de moda e fashionistas foram clicadas por sites de street style usando a tal peça. Na hora de adotar a calça, nada de sair de toda vestida de seda e com cara de quem estava na cama. Deixe o lado caricato para Anna Dello Russo, editora da Vogue Japão, e prefira o jogo de contrastes e texturas. “O modelo combina com um suéter de lã ou tricô bem pesado, com malha de algodão e até com alfaiataria ou couro”, diz Gloria Kalil.

Para os pés, valem tanto os slippers e mocassis como anabelas e hiking boots - a escolha depende da temperatura da produção ser pensada para o dia ou para a noite, ocasião que pede calçados mais elaborados. Veja exemplos abaixo:











Fonte:





 

Lençomania: peça é investimento certeiro para o verão

Look com estampa de lenço da Céline, lenço da Emili Pucci e vestidos de lenço da DKNY e Carven, tudo verão 2011
(Getty Images)


Quando eles apareceram nas passarelas gringas, ninguém deu muito bola. Porém, quando as coleções do verão 2011 do hemisfério norte começaram a chegar nas lojas entre março e abril deste ano, foram eles os itens mais vendidos. Super-versatéis, nas mais variadas cores e estampas, e em tecidos bem leves, afinal é verão, os lenços são investimento garantido para esta estação.


No filme de 1974, Swept Away (aquele que Guy Ritchie re-filmou com Madonna em 2002), a atriz italiana Mariângela Melato passa quase todo longa-metragem usando apenas um único lenço. Com ele, faz um vestido, uma saia, uma blusa, um turbante e até uma bermuda tipo sarong. E é essa versatilidade quase infinita da peça um de seus principais atrativos. Tanto que muitas grifes (para facilitar nossa vida) já incorporaram o produto nos mais diferentes tipos de peça.


Tudo começou com a Céline que, em seu verão 2011, finalizou o desfile com uma surpreendente série de looks estampas com motivos típicos de lenços. Na mesma temporada, a DKNY (irmã mais nova da marca Donna Karan) também investiu pesado nas peças, mostrando vestidos e blusas confeccionadas com a peça. Acelere alguns meses e nos desfiles nacionais para o verão 2012 (esse último Fashion Rio e SPFW), os lenços e suas estampas aparecem com considerável força.

 

Look com lenço transpassado da Maria Bonita, biquini de lenço da Salinas, saia de lenço da Têca e vestido com estampas de lenço da Patachou, tudo verão 2012
 (Agência Fotosite)


Na Têca, Helô Rocha aproveitou a inspiração africana (e as ótimas estampas) para transformar eles (os lenços) em saias e tops, quando não em sua versão tradicional amarrada na cabeça, nos chapéus ou nos pulsos. Lenço no pulso, aliás, foi um truque de styling recorrente no desfile da Salinas, marca que irá lançar uma linha exclusiva dessas peças.




Fonte:



 


♥ Universo Makeup Sorteios ♥ Copyright © 2013 - Designer by Papo Garota - Mais Template Mais Template