Para quem não vive sem chapinha.




Foi-se o tempo em que as mulheres eram adeptas aos bobs para terem o cabelo enrolado. Agora, mesmo sendo moda o ondulado, muitas sonham com as madeixas lisíssimas e escorridas e a maneira mais rápida e eficaz, para quem não quer uma mudança radical com uma escova progressiva, é o uso de pranchas.



O mercado está repleto de opções: cerâmica, íon, laser... das mais variadas marcas. As mais adequadas, apesar de mais caras, são as ionizadas e laser. Principalmente para quem não é profissional e quer fazer seu uso em casa. O mais importante, além dos cuidados que serão citados logo adiante, é fazer uma boa escolha, mesmo que custe um pouquinho mais. Lembre-se que se trata do seu cabelo, ele cresce apenas um cm por mês, ou seja, se for estragado e tiver que cortar, imagine o tempo que vai levar para se reestruturar e voltar ao comprimento atual! Portanto, meninas, nunca comprem chapinhas de procedência duvidosa. As marcas mais conhecidas são encontradas por um preço acessível, basta ter paciência pra procurar.



DÚVIDAS MAIS FREQUENTES



1. A prancha pode ser usada com o cabelo molhado?

Sim, desde que ela seja específica pra isso. Hoje existem diversos modelos que são específicos para usar com cabelo seco e molhado. Nunca use a chapinha com o cabelo molhado se ela não for especifica pra isso! O resultado serão cabelos fracos, opacos, quebradiços e, na pior das hipóteses, perdidos!





2.Meu cabelo é tingido, posso fazer chapinha mesmo assim?

Não há nenhuma restrição ao uso da chapinha em cabelos quimicamente tratados. O importante é mantê-los sempre muito bem hidratados, com produtos específicos pra cabelos tingidos, porque com o uso contínuo da prancha, a tintura pode vir a desbotar mais rapidamente.





3. A prancha funciona em cabelos muito curtos?

Logicamente. Existem pranchas específicas pra eles. Elas tem hastes mais estreitas.





4.É preciso passar óleo reparador nos cabelos antes de fazer a chapinha?

Pelo contrário, jamais faça uma coisa dessas! O cabelo vai simplesmente “fritar!” Ele vai criar uma camada gordurosa que, em contato com o calor, frita os fios. O ideal é usar produtos termoativados.





5.Chapinha provoca queda dos cabelos?

A chapinha em si não. Mas seu uso abusivo sim, O que acontece é que o uso contínuo faz com que os fios “se rompam”, assustando as mulheres muitas vezes. O importante, para quem faz muito uso da chapa, é hidratar muito bem os cabelos.





6. Então usar a prancha todos os dias faz mal?

Sim. Porque o calor resseca muito os fios e não há ninguém que faça hidratação diariamente para compensar. A opção mais saudável para quem quer o cabelo alisado ainda é a escova tradicional, pois o secador de cabelos não é tão agressivo quanto as pranchas. E o resultado costuma ser satisfatório também.





7.Pode-se passar a chapinha sem ter lavado os cabelos antes?

Não é aconselhável.





8.Qual a temperatura ideal da prancha?

Por volta dos 150 a 180 graus centígrados, passando disso estraga o cabelo.





9.É preciso pentear os cabelos antes?

Só se forem muito crespos. Ao contrário, basta desembaraçar





10.Qual a freqüência adequada para usar a chapinha?

Uma, no máximo duas vezes por semana.





11.A chapinha danifica os cabelos?

Só se o aparelho for utilizado de forma incorreta e constante. Utilizando da maneira certa e tomando os devidos cuidados já citados, ela é a melhor opção para obter o liso tão almejado ultimamente.





12.Como usar corretamente a chapinha?

Primeiro: o cabelo deve estar previamente lavado e com um protetor térmico nos fios.

Segundo: Verifique a temperatura. Não pode passar dos 180 graus.

Terceiro: Separe as mechas do cabelo com mais ou menos dois dedos de diâmetro. Vá passando da raiz até as pontas várias vezes até obter o efeito desejado.

Quarto: Os movimentos são muito importantes. Tome cuidado com movimentos incorretos no pulso que possam provocar ondulações no cabelo e também nunca, jamais, deixe a chapa parada num único ponto.

Depois de pronta, evite a umidade e ventos fortes e lembre-se: o segredo de um bom alisamento sem dores de cabeça depois é manter os cabelos devidamente hidratados para evitar o ressecamento. Procure ajuda de um bom profissional e use os produtos que ele indicar.
 
 
 
 
 
 
Fonte:
 

♥ Universo Makeup Sorteios ♥ Copyright © 2013 - Designer by Papo Garota - Mais Template Mais Template